quarta-feira, 16 de março de 2011

Filhos!!




Para quem não sabe, sou profissional na área de informática, esposa, filha, irmã,  namorada, amiga, faxineira e também sou mãe em período INTEGRAL de um garotinho de 8 anos que estuda na 3ª serie só 4º ano do ensino fundamental e nos últimos dias; ai gente a aula mal começou e este garoto já me trouxe 3 bilhete... Eu disse três!
Ou ele mentiu para a professora ou não organizou os cadernos... Já tentei usar a psicologia, mas juro ta ficando difícil. Ontem quase dei umas palmadas nele, pois já havíamos conversado sobre a organização do material escolar dele e novamente ele foi pra escola sem os livros quando a marmita aqui já havia perguntado a ele se estava tudo ok com os mesmos e tendo resposta positivo não fui conferir burra.
 Senti-me tão frustrada. Não quero bater no meu filhote... Quero educá-lo com amor, mas acho que ele não entende isso. Ontem tivemos uma conversa franca, não será mais tolerado esse tipo de coisa e caso ocorra ficara de castigo por uma semana ate que eu consiga encontrar um castigo adequado.
Desculpe pelo meu desabado mas acho que é isso... Alguém ai pode me ajudar??

3 comentários:

s.o.s. diet disse...

Amiga, sei como é isso, tenho quatro filhos, a mais velha já está com 14 anos, depois dois meninos (um de 9 e outro de 7) e uma menininha de 2 aninhos! O de nove já nasceu organizado! hshshs não deixa nadinha fora do lugar, tudo impecável, é assim desde bebeziho! Minha filha mais velha e o de 7 anos já me dá um pouco de trabalho quanto a organização (a bebezinha também!), tenho que ficar no pé, mas cada um deles tem suas qualidades e defeitos! Mas quem mais ganha com isso somos nós mães! Cresço e aprendo cada vez mais com eles!
Beijinhos e boa sorte, no emagrecimento e na educação de seu filho!
Conte comigo se precisar de alguma coisa!
Dri

Ana Carla disse...

Amiga... meu filho fez 16 anos há poucos dias, e vou te contar... quando ele fez 12 eu já estava querendo devolver pra fábrica! Rsrs... Não sei como lhe ajudar, porque muitas vezes também me sinto perdida. Filhos são o que fizemos de maior e mais imprtante, e tentamos ser "perfeitas" com eles. Fazemos o nosso melhor, e isso tem que bastar. Tem hora que precisamos relaxar, senão enlouquecemos. Tem um livro bem legal que se chama "Limites sem trauma", vc consegue baixar de graça pela internet. Vale a leitura. E boa sorte!

Lopez!!! disse...

Ai amigas... eu fico perdidinha... e sei que ele é a melhor coisa que pude fazer ate hoje.. e por isso tenho tanto medo de falhar... As vezes perco a cabeça e tenho vontade de dar umas palmadas nele... Mas apanhei tanto quando criança que nao gostia que isso se repetisse... Me sinto muito triste!!!